DISCOGRAFIA //// BIO //// AGENDA ////
 CONTATO //// FACEBOOK //// YOUTUBE

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Pitacos no Jornal - "Inútil! A gente somos inútil!"

Meu amigo Lucas Aleixo, me convidou semana passada para ser responsável por uma coluna com temáticas musicais no jornal que ele trabalha o Correio do Norte de Siqueira Campos. Aceitei sem pensar duas vezes, o primeiro artigo fala sobre as escolhas, que sejam na música ou na política, quando são lançadas ao gosto do povão, acabam se tornando um pouco duvidosas. Confira Abaixo:

“Inútil! A gente somos inútil!

Será que o povo está mesmo pronto para escolher? Desde música a política?

Por Antonio Altvater*

Segundo turno das eleições presidenciais chegando e fica impossível falar de outra coisa além de? Incompetência, é claro. Tivemos um primeiro turno repleto de candidatos, campanhas e propostas que transbordaram o limite do que temos como incompetente. Mas e nós, que tanto reivindicamos competência, estamos mesmo aptos a escolher? Lógico que NÃO! Muitos dos eleitores de 2010 não estavam prontos nem para escolher o prato do almoço, quem dera candidatos a deputado, senador, governador e presidente.
Um claro exemplo de tamanho despreparo foi o nosso tão estimado e eleito palhaço Tiririca, que já que ao se mostrar tão capacitado para a política como uma galinha para o vôo, acabou acrescentando mais piadas ao horário eleitoral, só que, ao contrário dos seus companheiros candidatos, ele é bom com as piadas, e acabou arrebanhando mais de 1 milhão de eleitores que usaram de Tiririca para ao menos poder rir, porque a situação está mesmo de chorar.
Mas transportando o tema para outra plataforma, vamos para a música. Neste ano o VMB, uma festa organizada pelo canal televisivo MTV para premiar as “melhores” músicas e músicos do ano de 2010, foi marcada por uma cena totalmente inusitada. A banda Restart, formada pelos ursinhos de pelúcia do rock, foi eleita a melhor em 5 categorias inclusive a de “Artista do Ano”. Ao receber os prêmios, os integrantes da banda com trajes tão coloridos quanto o do já eleito palhaço Tiririca, receberam uma vaia considerável do público presente – vaia essa muito bem aplicada se levarmos em conta a proposta musical da banda. No caso do VMB, a premiação foi feita baseada em enquetes que podiam ser votadas quantas vezes o internauta pudesse. Já que os fãs da banda Restart são compostos em sua maioria pela faixa etária de 9 – 14 anos, e não tem muitos afazeres além do período de aulas e de tarefas escolares, ficou fácil para os ursinhos do rock conseguirem a premiação.
O que preocupa é que em 2012, boa parte dos adolescentes que votaram indiscriminadamente na banda mais multi-color do Brasil, terão idade para votar nas eleições para vereador e prefeito. E se nesse ano já não tivemos bons motivos para rir, creio que daqui dois anos a piada ficará mais sem graça ainda. Como o vocalista da banda Ultraje a Rigor, Roger Moreira, já dizia nos anos 80: “A gente não sabemos escolher presidente.../ Inútil / A gente somos inútil”.

*Antonio Altvater é músico e cursa o 3º ano de História na UENP”

Sexta-feira, dia 15 de outubro de 2010
Edição nº 382 do correio do norte

  

Um comentário:

  1. Meu caro toninhoto, concordo em género, número e degrau com vossa matéria, mas na questão Tiririca, pior do que vai ficar porque muitos dos desinformados que o elegeram não sabiam que ao votar no cidadão em questão, estaria levando com ele um balaio de desgraça de volta a politica pois o voto em deputados por legenda ajuda seus parceiros de partido a também se elegerem, já no caso musical a palhaçada já vem a muito tempo desde que calipso e afins são considerados musica, e a Industria Fonográfica os trazem a publico como estrelas. Enfim politica e musica lamentavel!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...