DISCOGRAFIA //// BIO //// AGENDA ////
 CONTATO //// FACEBOOK //// YOUTUBE

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Pitacos no Jornal - Você é o que você ouve!


         Você gosta de música, certo? Sempre está com o rádio ligado seja no carro, no computador ou mesmo em seu mp3? Pois bem criatura, você sabia que a música além de te divertir, pode também te ajudar a refletir?
Você pode até vir me dizer, “Pô se eu to na balada, vou querer pensar para quê? Negócio é pegar as menininhas ao som do novo sucesso do Molejo!”, pois te digo que não é bem assim, acompanhar as modinhas não te acrescenta nada, um dia você está com chapéu e bota, no outro com a sunguinha do Jacaré do é o Tchan e depois de um tempo, você vai olhar o seu álbum de fotografias e sentir vergonha. O que eu quero deixar bem claro é o seguinte, independente do estilo, vamos encontrar uma série de grupos e artistas descartáveis, e uma porção de gente que faz um som caprichado e que tem algo realmente importante a dizer. Agora quanto a questão, pegar menininhas, ser um pouco diferente do padrão boçal não cai nada mal. Chico Buarque aos 66 anos, mais de 500 músicas, todas elas muito bem elaboradas e nem por isso deixou de fazer belas conquistas, muito pelo contrário, sempre aparece muito bem acompanhado do sexo oposto.
Espero que você possa ter sacado o objetivo do artigo, não tenho nada contra sertanejo, samba ou qualquer estilo do tipo. A questão é tentar primar pela qualidade, em qualquer dimensão musical. Então da próxima vez que você for pensar em botar aquele disco do Luan Santana no seu carro, lembre. Você é o que você ouve!  

11 comentários:

  1. Nao gosto nem de chico nem de luan!

    Acho os dois chatos pra caralho. Mas respeito quem gosta. Pq cada um na sua!!

    E sobre o Crowes. É uma baita banda! Posso dizer q é a minha preferida. Ou esta entre as 3.

    O que tu puder explorar deles, faz. Pq nao ira se arrepender.

    Ja deixo aki uma dica de outra banda parecida, porem de 2004 = Silvertide: http://www.youtube.com/watch?v=8w4Il6D_ToM

    Ficadica!

    Abss, to seguindo teu blog, ok?!

    Floww

    ResponderExcluir
  2. Abraço e sucesso.
    A minha vida é rock n roll.

    www.tocadowilliam.com
    wilkusdra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. certamente amigo tonho
    sempre acreditei piamente que somos o q ouvimos, o que comemos.. essas coisas aahauhauah


    e é como se movesse o nosso mundo.. as coisa tem q ter sentido, " buscar sentido é a única coisa q realmente faz sentido" Paulo Leminski..

    acredito q ele tinha um bom gosto musical!

    ResponderExcluir
  4. Com certeza somos o que ouvimos!
    Mais é isso neh! Faz parte rsrs
    Sucesso aew Brother!
    Abç

    ResponderExcluir
  5. Olá Antonio! Parabéns pelo blog e pelo artigo recentemente publicado no Jornal Correio do Norte.
    Infelizmente a qualidade musical vêm sendo descartada pela "massa" que preza pela modinha do momento. Acho que justamente pela qualidade somos totalmente diferentes da maioria. A boa musica é feita e ouvida com a alma e a qualidade flui da harmonia de notas.

    Isa

    ResponderExcluir
  6. PARABÉNS PELO TEXTO, QUE VEIO SÓ REFORÇAR MINHA OPINIÃO A CERCA DO ASSUNTO.....

    ResponderExcluir
  7. Pois o que eu sempre digo é que tudo deve ser feito de forma verdadeira. E na maioria das vezes a indústria fonográfica impossibilita que a verdadeira face de tudo seja mostrada e o artista que se permite agir deste modo, acaba se "prostituindo".
    Não é estrumbar na mídia, nem se vender, é entregar a verdade para a mentira mastigar.
    Eu tatuei que quero conquistar o universo com o poder da verdade e por isso, o que produzo saí de mim com sangue, suor e lágrima e nunca vai ter alguém em cima de mim me dizendo pra mudar.
    Seja na música, seja na vida.

    ResponderExcluir
  8. Quem vende o talento (ou a tentativa de) também vende o rabo.

    ResponderExcluir
  9. Seguinte, hoje as pessoas são mto influenciaveis, tudo que a radio/tv falar que é pra fazer elas fazem, quem sabe um suicidio em massa não seria a solução para tais pessoas e a industria fonografica de hoje kkkkkkkkk, mas a questão é que realmente somos o que ouvimos, acredito que a música tem um poder mto grande de mudar a vida, a vibe leva a pessoa a refletir ou até mesmo pegar a menininha ao som do Molejo porque "quem samba com molejo samba diferente" kkkkk, enfim tudo contra aos lixos que hoje estão na midia que todos "VÃO A MERDA" e que as pessoas pensem mais antes de engolir as merdas que são enfiadas guela baixo pelas midias atuais.

    ResponderExcluir
  10. Então só porque o cara ouve um luan santana pra se divertir, simplesmente, sem nenhuma pretensão além dessa, o cara é como o luan santana ou a música dele; "sem cultura", "sem qualidade"? Em todos os momentos e em todas as coisas que a pessoa faz na vida ela tem que estar "pensando"? Já não basta o trabalho, a escola ou faculdade e toda obrigação que a sociedade impõe de que temos que estar pensando (produzindo) o tempo TODO? Qual o problema de simplesmente querer ler um livro e ouvir uma música por distração, entretenimento? Não concordo que você é o que você ouve, nem que você é o que você veste, nem que você é o que você come. Não concordo com nada que seja tão limitador.

    ResponderExcluir
  11. Agradeço a todos pelos comentários, e digo que esse espaço é justamente para o debate livre e respeitoso sobre questões musicais. Ao comentário anônimo, agradeço da forma o qual foi apresentada a opnião, e digo que caso se sinta a vontade, o autor desse comentário pode postar com o nome sem problemas. Quanto a questão "Você é o que você ouve?" não estou querendo dizer que eu sou o que os artistas que eu ouço são, mas é claro que o tipo de música que ouvimos irá influir nas companhias que temos e em muitos outro fatores. Querendo ou não estamos pensando o tempo todo, até nos momentos de lazer.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...